[38] 3229.2000

FUNDAÇÃO SARA E SANTA CASA DE MONTES CLAROS SE UNEM PARA CONSTRUIR UNIDADE ONCOLÓGICA INFANTIL SARA ALBUQUERQUE

Lançamento da obra aconteceu neste sábado

Às vésperas de celebrar 20 anos de atuação, a Fundação Sara firma mais uma belíssima parceria com a Santa Casa de Montes Claros com o propósito de promover uma transformação da realidade do tratamento oncopediátrico: a construção e humanização de um centro especializado exclusivo para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer. O lançamento da Pedra Fundamental da construção da Unidade Oncológica aconteceu neste sábado e as obras estão previstas para começar em fevereiro de 2018.


O presidente da Fundação Sara, Álvaro Gaspar Costa, se dedica voluntariamente à causa há duas décadas, e para ele essa é uma grande conquista. “Sonhos e realizações marcam a história da Fundação Sara, e esse sempre foi o nosso maior e mais ambicioso sonho. Aqui não estamos falando apenas da construção de um hospital do câncer ou de um centro especializado em oncologia pediátrica, que já é, por si só, uma grande conquista da sociedade. Estamos falando sobretudo de um projeto de transformação, um projeto que visa implantar um novo conceito no tratamento das crianças e adolescentes com câncer.

 

Este novo conceito propõe qualificar Montes Claros a ser reconhecida como um centro de excelência no atendimento e tratamento das crianças e adolescentes com câncer, tornando-a referência em oncologia pediátrica em todo o estado de Minas Gerais. Emocionado Álvaro acrescenta: Nossos índices de cura são muito ruins, somos comparados a países de terceiro mundo. Não podemos aceitar isso como algo normal, precisamos nos unir, arregaçar as mangas e lutar. Somos pessoas inteligentes, cheias de energia e boa vontade, talvez o que nos falta é nos unir em torno de uma causa, e esta é a nossa proposta, unir as pessoas, cada um do seu jeito, em prol de cuidar melhor das nossas crianças e adolescentes. destaca.


A oncopediatra da Fundação Sara, Sabrina Eleutério acredita que um ambiente humanizado e exclusivo para as crianças, seguido de profissionais bem preparados, vai promover significativos avanços, como a adesão ao tratamento e a redução dos impactos dolorosos e, com isso, as chances de recuperação vão aumentar. O otimismo da médica tem fundamento. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, se diagnosticado precocemente e tratado em centros especializados, as chances de cura de crianças e adolescentes com câncer giram em torno de 80%.


Para o superintendente da Santa Casa de Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva, a parceria trará inúmeros benefícios aos pacientes. “Nos sentimos honrados em fazer parte dessa iniciativa. Acreditamos que através da união e esforços de todos, essa nova unidade de atendimento da Santa Casa em parceria com a Fundação Sara, proporcionará um acolhimento mais digno e humanizado às crianças e adolescentes em tratamento”, diz.


Sobre a Unidade Oncológica Infantil Sara Albuquerque


O local, cedido pela Santa Casa, terá capacidade mensal para atender 120 crianças e adolescentes, realizar 200 quimioterapias e 70 procedimentos, além de implante de cateteres, punções de medula e outros. Tudo isso em uma área de 1200 metros quadrados, divididos em dois pavimentos, na Rua Tiradentes, nº 770 - Centro, em Montes Claros-MG.


O valor estimado para colocar tudo isso de pé é de 4.5 milhões. Um valor audacioso, mas, para a entidade, que conquistou o respeito e o carinho da sociedade durante sua história, será uma realização do sonho de muitos. “Todos os investimentos da Fundação Sara são realizados por meio de parcerias. Para a construção do Hospital, não será diferente. Já temos a garantia de recursos da campanha McDia Feliz 2017, que é uma parceria que temos desde o ano 2000 com o Instituto Ronald Mcdonald; recursos da campanha Imposto de Renda, que também realizamos anualmente e conta com o apoio de pessoas físicas e jurídicas; parcerias com empresários, por meio de cotas de patrocínio ou apadrinhamento de ambientes; e claro, com a adesão da sociedade”, enfatiza a gerente geral da entidade, Silvana Amorim.


Sobre a Fundação Sara Albuquerque


A Fundação Sara Albuquerque Costa foi instituída em junho de 1998, na cidade de Montes Claros/MG, com o intuito de oferecer amparo a todas as famílias com crianças e adolescentes com câncer da região. O desejo de criar uma entidade filantrópica nasceu no coração de Álvaro e Marlene, pais da pequena Sara, que durante mais de dois anos lutou para vencer a doença, mas infelizmente não resistiu.


Quem acompanhou a história de luta da família se comoveu e se juntou à causa e, assim, a entidade foi ganhando força. A missão de oferecer assistência social ampliou para outros eixos, como o trabalho de diagnóstico precoce, realizado na região, as significativas contribuições aos hospitais onde as crianças e adolescentes se tratam e a criação de uma filial na capital mineira, em 2010. No total, já somam mais de mil famílias amparadas.


Às vésperas de completar 20 anos da Fundação da Sara e no ano de 146 anos da Santa Casa, as intituições assumem um novo compromisso: a construção e gestão compartilhada da Unidade Oncológica Infantil Sara Albuquerque, uma obra necessária para aumentar as chances de cura, e possível, graças ao apoio, confiança e respeito conquistados durante todos esses anos, junto à sociedade e a instituições, como a Santa Casa de Montes Caros, que cedeu a terreno para a construção da obra e a gestão do serviço ambulatorial de oncologia pediátrica à entidade.


Santa Casa Montes Claros


Fundamental para o desenvolvimento do cenário regional da saúde, o maior hospital do Norte de Minas possui, atualmente, 392 leitos, sendo 80% deles destinados ao atendimento pelo Sistema Único de Saúde – SUS. Durante a história de trabalho ao longo de 146 anos, o Hospital não mede esforços para buscar recursos e investimentos na ampliação das estruturas física e humana, com a aquisição de equipamentos modernos e capacitação tecnológica dos seus profissionais. Com capital intelectual formado por mais de 2000 colaboradores, desses, composto por mais de 400 médicos e demais profissionais, que compõem os corpos clínico, assistencial e administrativo da Instituição; a Instituição realiza mais de 100 mil procedimentos por mês.






Voltar